Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Quadrinhos Vintage: “Tarzan”
18/07/2020 15:36 em Novidades

Criado pelo escritor norte-americano Edgar Rice Burroughs em 1912, Tarzan foi publicado em formato livro dois anos depois e, de lá para cá, apareceu em mais vinte e cinco livros, diversos contos avulsos e inúmeras outras mídias, autorizadas e não autorizadas. Na história, o personagem – cujo nome verdadeiro é John Clayton III, Lorde Greystoke – é filho de aristocratas ingleses que desembarcaram numa selva africana após um motim – e que morreram pouco depois, levando Tarzan a ser criado por macacos que o adotaram na ocasião.

O crescimento na selva garantiu a Tarzan habilidades físicas superiores àquelas encontradas em atletas do chamado “mundo civilizado”, como velocidade, resistência, agilidade, reflexos, flexibilidade e resistência, além da capacidade de se comunicar com animais. Tarzan possui ainda habilidades como escalar, pular e agarrar-se, lançando mão de cipós e balanços de trepadeiras para atravessar a floresta em grande velocidade – componentes que conferiram a Tarzan incontáveis fãs e leitores ao longo de mais de um século desde sua criação.

No Brasil, “Tarzan” foi publicado pela primeira vez em outubro de 1934, na edição 31 do Suplemento Juvenil, que trazia a história “Tarzan, o Filho das Selvas”, desenhada por Hal Foster. Pouco mais de uma década depois, o personagem ganhou revista própria publicada pela EBAL de 1951 a 1989, num total de 673 edições, tornando-a a mais duradoura publicação da editora – que ainda levou às bancas almanaques do personagem e dezenas de edições especiais. As capas de seus primeiros trinta números traziam o ator Lex Barker, que interpretava Tarzan no cinema na época.  Na televisão, Ron Ely deu vida a Tarzan, numa série que somou 57 episódios exibidos originalmente entre 1966 e 1968.  Já no cinema, o personagem de Edgar Rice Burroughs inspirou cerca de 40 filmes ao longo de mais de 100 anos de existência. 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Vintage Educação