Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Quadrinhos Vintage: “Kripta”
14/01/2020 18:39 em Novidades

Referência nostálgica dos quadrinhos de terror no Brasil, a revista “Kripta” foi publicada pela Rio Gráfica e Editora entre setembro de 1976 e junho de 1981, tornando-se rapidamente um dos grandes sucessos da antiga RGE. Com o slogan “Com Kripta qualquer dia é sexta-feira, qualquer hora é meia-noite” e contando com roteiristas consagrados, como José Ortiz, Frank Miller, Tom Sutton, Vicente Alcazar, Alex Toth, Neal Adams e Bruce Jones, a publicação caiu no gosto do público e ajudou a impulsionar a chamada “segunda onda dos quadrinhos de terror no Brasil”.

“Kripta” teve ao todo 60 edições publicadas no Brasil a partir de histórias retiradas das revistas norte-americanas “Creepy” e “Eerie Warren Publishing”. Tanto sucesso logo chamou a atenção de outras editoras, ávidas por apresentar aos leitores o seu funesto material, caso da Editora Vecchi (Spektro), Noblet (Vampirella), Bloch Editores (a série “Capitão Mistério”, que apresentava a linha de horror da Marvel Comics, incluindo “Drácula”, “Lobisomem”, “Múmia”, “Frankenstein”, “Sexta-feira 13” e “Aventuras Macabras”) e da Editora D-Arte (“Mestres do Terror” e “Calafrio”).

Após desfrutar de grande popularidade nas décadas de 60, 70 e 80, o gênero perdeu fôlego nos anos seguintes e apenas algumas publicações pontuais, como “Cripta do Terror” (Editora Record), “Cripta – Os Clássicos de Horror da Revista Eerie” (Mythos Editora) e “Creepy – Contos Clássicos de Terror” (Devir Livraria) se destacaram junto ao público – não obstante, nada que possa ser comparado ao sucesso conseguido por “Kripta” nos áureos tempos das histórias de terror no Brasil.

 

Para baixar todas as 60 edições da revista "Kripta", basta colar em seu navegador: https://bit.ly/2ToCqQJ

Mas atenção: para ler as revistas, é preciso ter o programa CBR baixado em seu computador.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Vintage Educação