Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Aquela Época Boa e Seus Desenhos Maravilhosos!
15/10/2019 21:29 em Novidades

São muitos os estúdios espalhados pelo mundo e incontáveis as animações por eles produzidas. Porém, quando se trata de desenhos animados, fica difícil não lembrar da prolífica dupla de cartunistas norte-americanos William Hanna e Joseph Barbera. E foi no ano de 1957 que os criadores do clássico “Tom & Jerry” iniciaram as atividades do próprio estúdio, verdadeira manufatura de sucessos no cinema, nos quadrinhos e, marcadamente, na televisão.  
Entre os muitos personagens produzidos pela dupla, destacamos primeiramente “A Coisa”, uma releitura do piloto Ben Green, do Quarteto Fantástico, em versão lançada no final da década de 1970 e que apresentava o herói de uma forma diferente, com a capacidade de controlar sua metamorfose de acordo com cada situação. Outra figuraça que se valia da força física era a surpreendente “Formiga Atômica”: uma vez contatada pela polícia, bradava o seu inconfundível jargão “Lá vai a triônica, Formiga Atômica”. Durante a ação, retornava eventualmente ao formigueiro para levantar seus halteres e recuperar suas forças. E o que não dizer da bem-disposta Tartaruga Touché e seu felpudo ajudante Dum Dum, que enfrentavam toda a sorte de perigos em socorro a reis, rainhas e donzelas? E por último, mas não menos importante, a improvável amizade entre o leão Lippy e a pessimista hiena Hardy, com seus típicos lamentos, “Oh, vida”, “Oh, dor”. Produzida em 1962, a animação “Lippy & Hardy” fazia parte do programa “The Hanna-Barbera New Cartoon Series”. 
São quatro exemplos simples do universo criativo característico da dupla Hanna-Barbera, cujas animações seguem a encantar e divertir, década após década, diferentes gerações de crianças e – para quê esconder? – de adultos também. 

COMENTÁRIOS