Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
O Primeiro Hollywood Rock (1975)
22/09/2019 00:13 em Musica

Imagine um tempo no qual o Brasil não era visto nem de longe como um destino interessante para grandes concertos internacionais. Imagine ainda que equipamentos de som vibrantes e potentes e instrumentos musicais de qualidade não eram uma constante por aqui. Acrescente a isso o fato de o país estar vivendo uma realidade política que não encorajava muito a realização de eventos com grandes proporções.

Pois saiba que este foi o cenário enfrentado pelo jornalista e produtor cultural Nelson Motta quando decidiu realizar, em 1975, o primeiro Hollywood Rock, no Rio de Janeiro. Ainda que não oficial e bem mais modesto quando comparado às edições que se seguiriam a partir de 1988, este primeiro festival conseguiu reunir um público médio de 10 mil pessoas em cada um dos quatro sábados nos quais se realizou.

Sediado no estádio do Botafogo em General Severiano, o Hollywood Rock 1975 contou com a participação de nomes consagrados do rock nacional, como Celly Campelo, Erasmo Carlos, Os Mutantes, as bandas Vímana e O Peso, além de Rita Lee & Tutti-Fruti e Raul Seixas (talvez o artista mais lembrado desta primeira edição).

O fato de não ter sido oficial não impediu o sucesso do primeiro Hollywood Rock, que rendeu ainda um álbum em 1976 e o raríssimo documentário “Ritmo Alucinante”, considerado o primeiro filme nacional sobre o tema. De certa forma, o Hollywood Rock 1975 serviu como um laboratório para que, 10 anos depois, fosse realizado aquele que até hoje é considerado o maior festival de Rock realizado no país: o primeiro Rock In Rio – que muito contribuiu para colocar o Brasil no circuito internacional de grandes eventos da música.

Valeu, Hollywood Rock! Valeu, Nelson Motta!

 

                                       Oficialmente “Hollywood Rock”

 

As edições oficiais do Hollywood Rock ocorridas em 1988, 1990, 1992, 1993, 1994, 1995 e 1996 contaram com uma estrutura diferente na distribuição dos shows: dois finais de semana, um em São Paulo, outro no Rio de Janeiro, com palcos montados em grandes estádios e na Praça da Apoteose (espaços com grande capacidade de público), reunindo artistas consagrados do Pop-Rock internacional.

O fim do Hollywood Rock não se deu em razão de problemas ou fracassos – muito pelo contrário: todas as edições foram um grande sucesso de público e crítica, repercutindo inclusive no exterior. O destino do festival foi selado com a promulgação da Lei 9.294, que proibiu a propaganda de produtos vinculados à indústria do tabaco em eventos culturais.

Apesar disso, as diferentes edições do Hollywood Rock trouxeram para o Brasil nomes como Tears For Fears, Nirvana, Red Hot Chilli Peppers, Bon Jovi, The Rolling Stones, The Cure, Duran Duran, Supertramp, além de abrir espaço para o “rock brazuca” com Barão Vermelho, Capital Inicial, De Falla, Ira!, Raimundos, Ultraje a Rigor, Titãs e tantos outros.

 

O Hollywood Rock pode ter acabado, mas não resta dúvida de sua importância para a história dos grandes festivais de música no Brasil, bem como todo o legado por ele deixado. 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!