Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
A História do Festival Lollapalooza
30/06/2019 17:36 em Musica

Em tempos de Rock’n Rio se transformando cada vez mais em “Pop’n Rio”, o festival de música alternativa Lollapalooza tem se mostrado uma opção cada vez mais interessante para a galera que curte punk rock, heavy metal, grunge ou simplesmente o bom e velho rock’n roll. Seu exótico nome é, na verdade, uma expressão norte-americana que significa “alguma coisa extraordinária”, uma “circunstância ou evento excepcional”.

Criado em 1991 pelo músico Perry Farrell, do Jane’s Addiction, o Lollapalooza viveu sua primeira fase até o longínquo ano de 1997, quando foi encerrado – momentaneamente, já que o festival foi revivido com grande sucesso a partir de 2003. Nos anos seguintes, os limites do Lolla foram ampliados, chegando a Santiago do Chile em 2011, a São Paulo em 2012 e à Europa a partir de 2015. Ao longo dos anos ajudou a popularizar artistas como Amy Winehouse, Alice In Chains, Rage Against Machine, Nick Cave, The Smashing Pumpkins e Lady Gaga.

Realizada no Autódromo de Interlagos, a edição 2019 bombou com apresentações majestosas, como a dos franceses do The Inspector Cluzo e seu rock basicão e empático, a enérgica escalada do The Fever 333, a temática política do Scalene, a banda Greta Van Fleet e seu rock de raiz, a sensualidade e o talento de Iza, os efeitos visuais e a guitarra de St. Vincent, a essência da música brasileira com Os Tribalistas, a marcante festa de luzes, cores e sons do Twenty One Pilots e muito, muito mais.

 

Perdeu essa? Sem problema: no futuro teremos mais!!

 

Fonte: Nova Revista do Rádio

>>> https://bit.ly/2UEkajC 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!