Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Quadrinhos Vintage: “Zé do Boné”
06/05/2019 20:45 em Novidades

Criado pelo cartunista britânico Reg Smythe em 1957 e publicado pela primeira vez no famoso jornal Daily Mirror, “Zé do Boné” (Andy Capp) é um sujeito que tenta levar a vida “numa boa”, sem fazer muito esforço e quase sempre alcoolizado. Quem tolera suas frequentes “escapadelas” é Florrie Flô, abnegada esposa que trabalha para sustentar a casa enquanto Zé sai para jogar sinuca ou futebol – sendo geralmente expulso antes do término da partida! Como Zé não procura emprego e por isso o casal depende da renda de Flô, os dois estão sempre à beira da pobreza.
Zé tem como sua “marca registrada” o chapéu com a aba voltada para baixo. Machista e descompromissado, chega tarde em casa sete dias por semana, quase sempre por se embebedar no pub do amigo Jack onde vive flertando com as garçonetes. Eventualmente vai preso e, quando não passa o porre na cadeia, acaba “pescado” por algum policial após cair no rio que corta a cidade. No dia seguinte, já recuperado, curte a ressaca vadiando o dia inteiro no sofá com um tremendo mal humor. 
Em 1983, uma mudança: Zé deixa de fumar (não por coincidência, o seu criador também abandonara o tabagismo), fazendo desaparecer a famosa “bituca” de cigarro que o personagem trazia entre os lábios. No Brasil “Zé do Boné” teve sua tirinha publicada durante muitos anos pelo Jornal da Tarde, em São Paulo, e por O Globo no Rio de Janeiro. Chegou também a ter uma publicação própria levada às bancas pela Editora Arte Nova, além de incursões de suas histórias na antiga Revista Patota.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!