Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Memória Rádio Vintage: Os Romances De Banca
21/12/2018 21:25 em Novidades

Muito populares entre o público feminino nas décadas de 1970, 1980 e 1990, os chamados “romances de banca”, das séries “Sabrina”, “Julia” e “Bianca”, fizeram sua estreia no Brasil com o lançamento de Sabrina, “Passaporte Para o Amor”, de Anne Mather, em 1977. 
Inspirada nas séries homônimas publicadas na Europa pela Editora Harlequin, “Julia” (lançada em 1978) apresentava textos mais ousados, voltados para leitoras mais liberais. Já “Bianca” (lançada em 1979) mostrava textos mais poéticos, destinados às leitoras com preferência pelo tradicional. “Sabrina” trazia textos mais pungentes, com grandes conflitos amorosos ou familiares, quase ao estilo das novelas mexicanas. Independente da pegada literária, as publicações faziam um grande sucesso – chegando a impressionantes 600 mil exemplares vendidos por mês. 
Um fato curioso está relacionado à autoria de “Sabrina”, “Julia” e “Bianca”: os romances eram escritos por autoras desconhecidas, que seguiam uma estrutura narrativa única e pré-determinada e assinavam como Susan Alexander, Nancy John, Violet Winspear, Dani Criss, Margery Hilton, Sandra Paul, Sara Craven e até onde a criatividade o permitisse. 
As vendas de romances de banca fizeram a alegria dos jornaleiros até 2011, quando a Nova Cultural passou a oferecê-los apenas em seu site – mas ficaram marcados na memória de diferentes gerações de leitoras, que descobriram o prazer da leitura através de suas páginas repletas de sonhos, desejos e paixões.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!